top of page

Síndico profissional e síndico morador: existem diferenças?



O síndico profissional é um gestor especializado para gerenciar a administração de um condomínio. A contratação ocorre quando nenhum dos condôminos tem interesse pelo cargo ou quando julgam necessário que seja contratado um perfil profissional.


O tempo de contrato é o mesmo, dois anos, podendo ser renovado mais uma vez pelo mesmo período. O síndico profissional tem as mesmas responsabilidades de um síndico comum, por exemplo, contratação de funcionários, acompanhar taxas de inadimplência e ações judiciais, contratar seguros obrigatórios, cronograma de obras e manutenções etc. No entanto por não ser um morador, ele não está sujeito às regras estabelecidas para os condôminos.


Quais as diferenças entre o síndico profissional e o condômino?

A primeira grande diferença é a imparcialidade. Enquanto o síndico morador possui relações emocionais com os outros condôminos, o profissional é isento disso. Assim facilitando na cobrança de inadimplência por exemplo.

A segunda é o investimento da contratação deste profissional. Sempre será um gasto, mas por ser um especialista, sua contratação trará resultados.


E também é uma profissão segura em questão de remuneração, pois o salário do síndico profissional é pago a partir das taxas condominiais, que são obrigatórias por lei. E todo condomínio necessita de um síndico, logo, sempre existirá demanda para esta profissão.


O síndico é essencial para o condomínio, são muitas responsabilidades e tudo tem que estar em ordem para um bom funcionamento.

Além disso, independentemente de ser um gestor profissional ou não, é interessante contar com a ajuda de um software de gestão, fazendo com que a administração seja mais eficiente.

Kommentare


bottom of page