Como reduzir os custos do condomínio.



O que se pode fazer para diminuir os custos de um condomínio?


Pensando nisso, temos algumas dicas para te ajudar a tomar decisões no controle de gastos do condomínio, assim tornando os moradores mais felizes com sua gestão.


1ºFuncionários.

Geralmente os condomínios tentam reduzir os custos fazendo com que o máximo de atividades sejam executadas por apenas um funcionário. Essas situações precisam ser monitoradas de perto, pois isso poderá custar muito futuramente. É preciso fazer um quadro de funcionários adequado, para conseguir equilibrar economia e segurança.


2ºConsumo da energia elétrica.

Uma das recomendações é a instalação de sensores de presença em áreas comuns, garagens e halls. E também a substituição de lâmpadas incandescentes por LED, que são 80% mais econômicas que as comuns. No início é um investimento, mas que ao longo do tempo acabam cobrindo os custos do condomínio.


3ºManutenções preventivas.

É umas das formas mais eficazes para se evitar grandes gastos emergenciais, é importante que o condomínio faça a manutenção preventiva dos itens, tais como, elevadores, escadas, bombas de água, instalações elétricas, sistema de combate a incêndio etc. Assim assegurando o bom desempenho das instalações e garantindo a segurança de todos.


4ºConsumo de água.

Primeiramente a conscientização dos moradores é essencial para que não tenha desperdício de água. A instalação de hidrômetros individuais ajuda em 30% a economia, instalação de cisternas para o reaproveitamento da água das chuvas, uso de redutores de vazão, inspeções periódicas para identificar vazamentos, não usar água do condomínio para lavagem de carro, reparo de válvulas e torneiras.

whatsapp-logo-1-1.png